sábado, 2 de dezembro de 2017

O ataque dos Piolhos dos Infernos - Parte XXVII





Precisamos de ajuda!! A sério!!! Isto é uma praga sem fim à vista!!

Acontece ciclicamente; como um relógio. Inexorável, imparável, implacável!

Falo, obviamente, da praga de piolhos!

Começa sempre com uma coisinha de nada... um pequeno gesto... uma coçadela suspeita de uma das miúdas, que queremos sempre acreditar que não quer dizer nada e enfiar num canto esquecido do cérebro, mas que, no fundo, sabemos que significa que a tarde de Domingo ficou arruinada.

"- Amor, reparaste que a Sofia coçou a cabeça 2 ou 3 vezes durante o almoço?"
"- Ahhh, sim.... mas não deve ser nada.... era só comichão...."

Duas horas depois...

"- Amor, a Alice também está farta de coçar a cabeça!! Temos de ver a cabeça das miúdas!!"
"- Epá, está bem, mas não podem ser piolhos!! Ainda há 15 dias fizemos a porcaria do tratamento!!!"

Cinco minutos depois...

"- Amor, está tudo cheio de piolhos!!!! A Sofia, a Alice e a Petra!!!... Só o Simão é que não tem nada..."
"- Porra, pá!!!! Mas isto agora é todas as semanas???!!!!! 

E pronto...andamos a ter este diálogo, mais ou menos, 1 vez por mês, sem solução à vista.

A rotina seguinte passa por sentar cada miúda à mesa (uma de cada vez), com uma toalha pelos ombros, uma data de discos de algodão (para pôr os piolhos que tiramos) e 3 ou 4 elásticos para separar as mechas de cabelo. De seguida, com um daqueles pentes para piolhos (às vezes acho que daria mais jeito uma pinça da lareira porque tiramos piolhos tão grandes que parecem escaravelhos das bolotas...), passamos "a pente fino" a cabeça das miúdas.

Posteriormente, encharcamos-lhes a cabeça  com remédio, embrulhamos em fita aderente durante 2 horitas e, só no dia seguinte é que lhes lavamos a cabeça (antigamente, seguíamos o que estava escrito na bula do medicamento e só deixávamos aquilo na cabeça das miúdas durante 10 ou 15 minutos; mas um dia, um simpático farmacêutico, ao ver que andávamos a comprar a porcaria do remédio todos os fins de semana, teve pena de nós e explicou-nos que a empresa que produz o medicamento recomenda, de propósito, esse período de atuação mais reduzido, de forma a que os efeitos não sejam tão bons e os clientes tenham de comprar o remédio mais frequentemente. É claro que lhe perguntámos se não faria mal deixar aquilo na cabeça das miúdas durante mais tempo, mas ele disse que não; que o medicamento matava os piolhos por asfixia - não permitia a absorção e oxigénio; que não era tóxico e que podíamos deixar aquilo à vontade.).

Maneiras que agora já estamos muito melhor e, em vez de andarmos a gastar 20 euros em remédios para os piolhos todas as semanas, já só gastamos uma vez por mês. Para além disso, como as 3 miúdas têm o cabelo bem comprido, estamos a falar de um procedimento que demora, mais ou menos 1h/miúda a completar.

É sempre um fartote de gargalhadas quando há piolhos para tirar...

A sério que já estamos fartos de procurar soluções para isto (já demos a volta à net...) mas não encontramos nada que seja credível....

Encontrámos uma empresa em Algés que através de uma tecnologia qualquer (raios lazer, protão quântico, magia...sei lá...) mata os piolhos todos de uma só vez. Acontece que o tratamento custa à volta de 100 euros (!!!!!) por sessão e só dão garantia de 15 dias (!!!). Se quisermos que as miúdas fiquem sem piolhos por um mês e meio pagamos 300 euros para matar piolhos!!!! Se levarmos os 4 putos são 1200 euros!!! Para matar piolhos!! Há safaris no Quénia mais baratos...

Help...??