segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

A Festa da Alice


E ontem foi, então, o grande dia da Festa da Alice.
Por motivos vários tivemos de fazer a festa no Domingo, o que está longe de ser o ideal uma vez que ficamos sem possibilidade de recuperação, física e psicológica, no dia seguinte. E, como qualquer pai sabe, a festa de aniversário de um filho equivale, em stress e desgaste, a estar 3h na fila, à espera para entrar na Media Market, numa Black Friday...
Então se tivermos 4 filhos, estamos a falar de um dia que implica uma organização e uma coordenação inter-parental a um nível GT.
Do programa das festas constava um almoço com amigos no Gula do Meko, a festa no Kids Planet ao final da tarde, e um jantar em casa de amigos para ver o Benfica.
Tendo isto em conta, a minha mulher elaborou e pôs em marcha um rigoroso caderno de encargos, que deveria ser executado com disciplina e sem margem para falhas.
A saber:
1) 8h às 8.15h - Despertar e tirar os miúdos da cama;
2) 8.15h às 8.45h - Pequenos almoços;
3) 8.45h às 9h - Tempo livre;
4) 9h às 10h - Dar banho e vestir as miúdas (só com um roupão- para não se sujarem, disse ela...);
5) 10h às 10.15h - Sara: Preparar a sua roupa já escolhida de véspera; Resto da família: tempo livre;
6) 10.15h às 12.15h - Banho e kitanço Sara
7) 12.15h às 12.25h - Banho e barba Pedro;
8) 12.25h às 12.45h - Vestir as miúdas e saír de casa;
9) 13h às 16.45h - Almoço no Gula;
10) 17h às 19.30h - Festa no Kids Planet
11) 20.15h - Jantar e ver o Benfica.

Correu tudo muito bem, excepto o ponto 6 (foi preciso mais tempo), mas compensámos depois reduzindo o ponto 7 em 5 minutos...

Chegámos a horas, comemos muito bem, nenhum puto se magou gravemente a dar triplos mortais nos insufláveis e o Benfica ganhou...