domingo, 5 de fevereiro de 2017

O dia perfeito para qualquer mulher….


 Se há coisa que os Pessoashians sabem fazer é aproveitar a vida! Não somos pessoas de grandes poupanças, de pensarmos muito sobre as coisas. Apetece e fazemos. Ponto.
Hoje foi o dia da mulher mais velha cá de casa. O Teté levou as 3 primeiras, ficámos nós os 3.
Sábado chuvoso? Hummmm … já cheira a centro comercial. Colombo aqui vamos nós!!
Como qualquer mulher a ideia é sempre “amor, vou só VER!!!!”. Esqueçam!! É que foi logo na primeira loja em que entrei (como eu adoro a ZUKY)!!!!  Foi amor à primeira vista. As botas olharam para mim, eu para elas, e a partir daí parece que eu morro se não tiver AQUELAS botas!!!! Ainda por cima estão em saldos! Só mesmo uma tonta é que não aproveita, certo???! Só há o número abaixo. Qual é o problema?? O pé cabe lá dentro, não cabe!? Então, sem stress! O que importa é a cor e não o número! A ideia é não pensar muito senão chegas sempre à conclusão que são só “mais umas botas” a acrescentar às 50 que já tens…


Adorei. Siga…

A partir de agora a regra é fechares os olhos e não entrares em mais nenhuma loja. Caso contrário estás na banca rota!



Asics. Quem me conhece sabe que basta entrar numa loja de desporto para me querer casar com qualquer par de ténis da noosa. Que coisa mais linda. Por mim rebentava com a cozinha e fazia uma estante única só com ténis da Asics. Vi uns fixes e baratos para o Pedro (que definitivamente precisava mais que eu) e comprou-os ele (que injusto!!!!!!).

Disney. WOW de loja para quem tem filhos!!! A sério, entras na loja e parece que estás dentro de um filme. Eu vou ver os babygrows e vestidos de princesa, o Pedro vai brincar com as espadas laser e os escudos do capitão américa (é de chorar a rir a vê-lo manejar aquelas coisas). Aproveitámos os saldos e comprámos a prenda de aniversário da Alice (do mais piroso que pode haver).

A seguir, jantarinho a dois (ou melhor 3)! Mas antes disso ainda mudas uma fralda no parque de estacionamento.


ADEGA DO KAIS. Calmo, ambiente romântico à luz das velas e comidinha do mais caseira que há. Está definitivamente no meu TOP 10. Rezas para que o puto não acorde e não te estrague o investimento. Pomos a conversa em dia sem sermos interrompidos (as famílias com filhos vão perceber-me na perfeição) enquanto deitas abaixo uma garrafinha de tinto. Coisa mais boa!!!!!
A alimentação saudável e todas as restrições ficam à porta do restaurante num dia destes. É comer o que quiser, até quando quiser. Bom, bom, bom.


Acreditem ou não o melhor de estar em Lisboa é, no final do dia, saberes que vais dormir ao Paraíso onde moras: Sesimbra!!!! Como é bom sair da confusão e ir para o oásis da margem sul.

(tivemos de parar literalmente na rotunda para tirar esta foto)

Chegas a casa, tiras a roupa, tomas um duche e vestes o pijama mais fofinho, felpudo, quentinho e NOT SEXY que tens no armário. É literalmente meia por cima da calça, calça por cima da camisola e robe por cima de tudo. De seguida é sentar no sofá e pôr as séries em dia (“ERVA” - aconselho vivamente; é de chorar a rir) com um copo de Porto na mão.

Num dia perfeito sem crianças, a noite acabaria num bar dançante, como é óbvio… mas a criança teve de ir para o berço. Já me contento com o rádio do carro no máximo com a minha playlist a tocar J
23h... que meninos...